Máquina do Esporte
Facebook Máquina do EsporteTwitter Máquina do EsporteYoutube Máquina do EsporteLinkedin Máquina do Esporte
Opinião / Alvaro Cotta

Opinião: Qual é o seu Jogo das Estrelas?

Criação do Jogo das Estrelas de 2022 mostrou como é preciso conhecer a fundo quem é o nosso cliente

Alvaro Cotta, especial para a Máquina do Esporte Publicado em 16/03/2022, às 08h24 - Atualizado às 08h26

Logomarca do Jogo das Estrelas 2022, que será disputado no Rio de Janeiro nos dias 18 e 19 de março - Divulgação / NBB
Logomarca do Jogo das Estrelas 2022, que será disputado no Rio de Janeiro nos dias 18 e 19 de março - Divulgação / NBB

A edição de 2022 do Jogo das Estrelas do NBB acontecerá nos dias 18 e 19 de março, na cidade do Rio de Janeiro. Há muita expectativa e animação de todos os clubes, dos atletas, dos treinadores e da nossa equipe de colaboradores para a realização do maior evento do basquete brasileiro, especialmente com a liberação da entrada dos torcedores no ginásio.

A última edição com presença do público foi em 2019, na cidade de Franca, no interior de São Paulo. No ano seguinte, em 2020, a pandemia nos obrigou a cancelar o evento no dia 16 de março, apenas cinco dias antes da data programada. Em 2021, o Jogo das Estrelas foi realizado sem os fãs, respeitando as diretrizes dos órgãos oficiais e o protocolo da própria Liga Nacional de Basquete. Este ano, a torcida na Arena Carioca 1 será um indicativo importante de que estamos caminhando para uma retomada completa da relação dos fãs com seus ídolos.

Ao longo dos últimos meses, o planejamento do evento sofreu ajustes e adaptações constantes para incorporar os avanços dos protocolos de saúde. Começamos com um cenário de restrições e terminamos com a flexibilização do uso de máscaras. Essas alterações demandaram uma atenção permanente, porém outro fator se destacou durante a elaboração desse planejamento: a complexidade de atender os interesses das diferentes gerações de torcedores que compõem a comunidade do basquete no Brasil. Seja pela intensidade ou pela velocidade das transformações causadas pela pandemia, as diferenças comportamentais entre essas gerações nos fizeram considerar uma variedade de atrações direcionadas para públicos distintos.

Se antigamente o nome de um artista conversava com todas as gerações, hoje os hábitos de consumo das gerações X, Y e Z são bastante distintos. Enquanto um MC da década passada conversa com uma tribo, outro MC mais novo é venerado pelos jovens e sequer reconhecido pelos fãs acima de 40 anos. O mesmo conceito serve para os conteúdos.

A programação deste ano permitirá aos fãs acompanhar as competições esportivas em diversas plataformas. Uma parte dos torcedores escolherá a TV (aberta ou fechada), outra parte ficará com as plataformas digitais.

As ativações (in loco e virtuais) também oferecerão opções variadas para impactar cada tipo de fã: shows musicais, atrações culturais, personagens e influenciadores.

O processo criativo do Jogo das Estrelas de 2022 passou por ótimos debates inspiradores que confirmaram a necessidade de conhecermos ainda melhor nossos fãs e a comunidade do basquete. Provavelmente, os eventos futuros exigirão maior flexibilidade e diversidade na oferta de experiências personalizadas e atrativas para cada torcedor.

A edição deste ano terá uma identidade visual enaltecendo o Rio de Janeiro, destacando pontos característicos da cidade e a cultura carioca, e será mais uma etapa da busca permanente pela evolução do Jogo das Estrelas.

Alvaro Cotta é diretor comercial da Liga Nacional de Basquete (LNB) e escreve mensalmente na Máquina do Esporte