Máquina do Esporte
Facebook Máquina do EsporteTwitter Máquina do EsporteYoutube Máquina do EsporteLinkedin Máquina do Esporte
Outros / Internacionalização

Focado no Brasil, Miami Dolphins anuncia escolha do Draft ao vivo do Cristo Redentor

"Apresentador" escolhido para a ação foi Filipe Luís, lateral-esquerdo do Flamengo

Redação - São Paulo (SP) Publicado em 02/05/2022, às 08h44

Miami Dolphins se uniu ao Flamengo para revelar uma das escolhas do NFL Draft 2022 no Cristo Redentor - Reprodução / Twitter (@dolphins_br)
Miami Dolphins se uniu ao Flamengo para revelar uma das escolhas do NFL Draft 2022 no Cristo Redentor - Reprodução / Twitter (@dolphins_br)

Em dezembro do ano passado, a Máquina do Esporte informou que o Miami Dolphins, da NFL, centralizaria o plano de expansão comercial da liga de futebol americano no Brasil. Já no mês passado, a Effect Sports fechou um acordo para representar a franquia em território brasileiro. Agora, no último sábado (30), as duas coisas começaram a ser vistas na prática.

Os Dolphins anunciaram diretamente do Cristo Redentor, o principal cartão-postal do Rio de Janeiro e um dos principais do Brasil, uma das escolhas da equipe no NFL Draft 2022. O monumento foi iluminado com as cores do time (aqua e laranja), e o escolhido para a revelação foi Filipe Luís, lateral-esquerdo do Flamengo, que anunciou o wide receiver Erik Ezukanma, de Texas Tech.

“O Miami Dolphins é uma franquia global, e nós estamos empolgados para celebrar um novo capítulo na nossa organização e para estreitar as relações com os nossos fãs brasileiros em um local tão icônico. Nós estamos entusiasmados para nos juntar ao Flamengo na escolha do draft, e não podemos esperar para todo o planeta desfrutar desta celebração da cultura brasileira e do futebol americano”, declarou Jeremy Walls, diretor do Miami Dolphins e do Hard Rock Stadium.

O NFL Draft 2022 foi realizado entre quinta-feira (28) e sábado (30). Nos três dias, as equipes selecionaram jogadores da NCAA, associação que organiza os programas esportivos universitários nos Estados Unidos. Ao todo, 262 calouros foram escolhidos em sete rodadas de escolha. A ação da equipe de Miami teve como objetivo aproximar os Dolphins dos fãs da franquia no mercado brasileiro.