ESPN paga R$ 922 mi por transmissão da NCAA

Futebol americano é um dos esportes que integram a NCAA nos EUA

Futebol americano é um dos esportes que integram a NCAA nos EUA

Todas as competições da associação desportiva de universidades dos Estados Unidos (NCAA, na sigla em inglês) serão transmitidas pela ESPN. Pelos direitos de transmissão de todo o pacote, a emissora teve de pagar R$ 922 milhões, ou US$ 500 milhões, por acordo que termina na temporada 2023/2024.

Fazem parte do pacote 24 campeonatos dos EUA e internacionais, incluindo futebol, vôlei, natação, ginástica, boliche, entre outros. O torneio masculino de basquete, principal sensação no país norte-americano, também fará parte da programação da emissora.

Ao todo, serão aproximadamente 600 horas anuais de cobertura na grade do canal esportivo, em várias plataformas. O valor pago dessa vez é significativamente superior aos US$ 200 milhões acordados em 2011.

"Nós temos uma grande relação com a NCAA", disse George Bodenheimer, presidente da ESPN que está deixando o cargo. "Esse é um dos nossos maiores acordos, e garantimos aos fãs o acesso aos principais jogos universitários por meio da rede e das plataformas ESPN".

O presidente da NCAA, Mark Emmert, acrescentou que o número de participantes das competições, entre estudantes e atletas, está crescendo todos os anos. "Nós da NCAA estamos animados em poder compartilhar nossas histórias com uma audiência ainda maior", afirmou.