Por "gêmeos digitais", Paris 2024 fecha parceria com OnePlan

Os organizadores dos Jogos Olímpicos e Paralímpicos de Paris 2024 fecharam uma parceria com a empresa de tecnologia britânica OnePlan. O objetivo é construir “gêmeos digitais” orientados por dados de todas as instalações das competições, que ajudarão a tornar o processo de planejamento mais eficiente e sustentável.

Os “gêmeos digitais” são uma representação virtual precisa de um espaço físico, que permite que os operadores do local simulem mudanças ou cenários em tempo real. A tecnologia tem sido usada em indústrias como a manufatureira para avaliar o impacto de uma mudança em uma linha de produção.

 

De acordo com o site britânico SportsPro Media, as ferramentas de mapeamento de software de informações geográficas (GIS) e gêmeos virtuais da OnePlan criam locais digitais que refletem o espaço da área e o tamanho da capacidade de um local específico e podem ser visualizados em qualquer ângulo, em qualquer luz ou em qualquer condição climática.

Dessa forma, o comitê organizador poderá ver como as mudanças no local afetam a iluminação e a qualidade do áudio, por exemplo, e determinar onde a infraestrutura, como barreiras, cercas, veículos, equipes e voluntários deve ser colocada. Também é possível ver onde estão as melhores posições para as câmeras de televisão, melhorando a qualidade da cobertura de mídia.

A capacidade de simular cenários pode ajudar ainda nas medidas de controle de multidões e nos procedimentos de evacuação, além de auxiliar os organizadores a tornar os locais mais acessíveis para pessoas com deficiência.

Como o gêmeo digital é acessível remotamente por todas as partes interessadas, ele permite uma maior colaboração entre o comitê organizador, equipes de transmissão, federações internacionais e fornecedores, assim como reduz a necessidade de visitas ao local, reduzindo as emissões.

“Estes serão Jogos Olímpicos e Paralímpicos movidos pela inovação. A maneira como usamos a tecnologia está evoluindo, e nossa parceria com a OnePlan facilitará o trabalho das nossas equipes e todo o nosso ecossistema. Poderemos deixar uma nova forma de organização de eventos auxiliada pela tecnologia”, afirmou Tony Estanguet, presidente de Paris 2024.

“Paris 2024 será um marco nos Jogos Olímpicos e Paralímpicos, impulsionados pela inovação e sustentabilidade. Nosso software colaborativo e fácil de usar simplificará o planejamento de todas as operações de eventos e locais antes e durante os Jogos. De qualquer lugar do mundo, os usuários podem sentir que estão realmente nos locais, percorrendo as rotas, ouvindo e vendo o ambiente como será durante os jogos”, explicou Paul Foster, fundador e CEO da OnePlan.

Vale destacar que gêmeos digitais já foram construídos para o Stade de France (que sediará o atletismo) e para a Place de la Concorde (que receberá skate, BMX freestyle, breaking e basquete 3x3). A ferramenta vem ganhando força pelo mundo e já ajudou cerca de 8 mil eventos e locais espalhados pelos quatro cantos do planeta.